Sustentabilidade

INVESTIR PARA CRESCER

Há 21 anos, Gilmar Lavarda, 50 anos, morador de Pérola do Oeste (PR), é produtor integrado à Souza Cruz. Nestes anos, transformou a sua propriedade de 26,6 hectares em um empreendimento de sucesso. Juntamente com a família, cultiva 300 mil pés de tabaco tipo Galpão, além de soja e milho. Hoje, Gilmar e a esposa Roseli Bogo Lavarda, 49 anos, contam com a ajuda dos filhos Alexsandro, 25, e Arielton, 18 anos.

Alexsandro mora na antiga casa da família com a esposa Soniamar, 34, e sua filha, Julia, de 15 anos. Desde o ano passado, Gilmar, Roseli e Arielton tiveram mais um sonho realizado: moram em uma casa nova, fruto do trabalho na lavoura. Investir na propriedade sempre esteve no planejamento de Gilmar. Na terra, realiza análise de solo constantemente, utiliza cama de aviário e faz o plantio direto com camalhão alto de base larga. “O plantio na palhada ajuda na conservação do solo, auxilia na qualidade e dá uma boa produtividade da lavoura”, salienta. Na safra passada, chegou a uma produtividade de 2.400 kg/ha. Entre os investimentos, destaque para a compra de 2 tratores com implementos, 1 carreta basculante de 2 eixos, 6 Galpões Padrão e 3 Estufas GB1. E os investimentos não param por aí. O projeto da família é ter 9 Galpões Padrão. Afinal, para a próxima safra, pretendem plantar 400 mil pés de tabaco. “A parceria aliada à orientação técnica da empresa possibilitou o nosso crescimento, por isso estamos planejando mais investimentos na nossa propriedade”, destaca Gilmar.

De acordo com o Orientador Agrícola, Enio Comparim, o produtor só tende a crescer com os investimentos. “O Gilmar sempre investiu na propriedade”, reforça o Orientador. Gilmar já criou vacas de leite, mas desistiu e passou a investir mais no tabaco.Porém, não desistiu de diversificar. Hoje, cultiva soja em 9,6 hectares com produtividade de 192 sacas por alqueire, produz milho em 3 hectares, e também conta com uma área de mata nativa com nascente de água.