Notícias

Bandeja plástica: devo usar?

22.04.2021

Chegou o momento de produzir as mudas de tabaco, dando início a safra 2021/2022. Além de contar com o Canteiro Padrão, outra iniciativa que colabora para a qualidade nessa etapa é o uso da bandeja plástica. A substituição das bandejas de isopor por plásticas está diretamente relacionada com melhor qualidade do tabaco já que permite que as raízes da planta se desenvolvam de forma mais saudável. O Difusor de Tecnologia da BAT Brasil, Evandro Burille, destaca que com mais raízes a planta absorve melhor os nutrientes e a água. “Um sistema radicular melhor e mais desenvolvido impede a entrada de doenças que comprometem a integridade e sanidade das folhas”, finaliza.

Dentre as principais diferenças entre as duas bandejas, podemos ver as seguintes:

Burille salienta ainda que, o investimento é consideravelmente baixo, tendo em vista os benefícios que a troca proporciona. O primeiro incremento é o de qualidade e produtividade, o que contribui para melhor retorno financeiro ao final da safra. Além disso, Evandro informa que com o aumento de mudas por canteiro, a quantidade de canteiros necessários diminui, impactando diretamente no investimento em materiais do canteiro.

Outro benefício para essa troca é a maior durabilidade do plástico, o que diminui o valor gasto em reposição de bandejas e em espaço para armazenamento. O Difusor de Tecnologias ainda reforça a importância do desenvolvimento radicular das raízes quando usado o material de plástico. Veja a foto abaixo de uma muda produzida em baneja plástica:

ATENÇÃO

É de extrema importância que ao se ter o canteiro padrão e aproveitar todos os benefícios dele, as bandejas plásticas sejam usadas para a semeação.